Ação solidária produz 20 mil fraldas para três instituições de Maringá

Mais de 650 voluntários participaram da 95º celebração do Dia do Cooperativismo Internacional, conhecido como Dia C

Seis cooperativas, 650 voluntários e um objetivo: produzir, em quatro horas, 20 mil fraldas geriátricas para três instituições de Maringá, Provopar – Programa do Voluntariado Paranaense, Lar dos Velhinhos de Maringá e Associação Norte Paranaense de Reabilitação (ANPR). Tarefa cumprida com êxito em pouco mais de duas horas e meia. A ação aconteceu na associação da Cocamar, na manhã do último sábado, e teve como objetivo marcar a celebração do 95º Dia do Cooperativismo Internacional, mais conhecido como Dia C, que promove projetos de transformação social das comunidades nas áreas da saúde, lazer, educação e cuidados com o meio ambiente.

Em Maringá, o Dia C foi organizado pelas cooperativas Sicredi, Cocamar, Unimed, Sicoob, Uniodonto e Unicampo. De acordo com Edson Rocha, gerente regional de desenvolvimento da Sicredi União PR/SP, a ação em conjunto gera muitos mais resultados à comunidade. “É o segundo ano que as cooperativas da região se unem para trabalhar de forma voluntária. Isso cria uma sinergia e dinamiza os resultados das ações”, conta Edson.

Todo primeiro sábado do mês de julho comemora-se o Dia Internacional do Cooperativismo e em 2017 a Aliança Cooperativa Internacional (ACI), em consonância com a Organização das Nações Unidas (ONU), escolheu o tema “Cooperativas garantem que ninguém fique para trás”. Para o presidente do Sistema Ocepar, José Roberto Ricken, a data fornece uma mensagem clara de que o setor pode ser uma das soluções para o combate às desigualdades sociais do mundo. “A essência do cooperativismo é proporcionar condições para que os cooperados viabilizem suas atividades, alcançando êxito nos mercados em que atuam. O resultado dessa força mobilizadora gera efeitos multiplicadores em toda a sociedade, com melhor distribuição de renda e mais qualidade de vida. Ao ser bem-sucedida na oferta de seus produtos e serviços, uma cooperativa contribui de forma importante para o desenvolvimento econômico e social das comunidades em que está inserida. É um processo virtuoso que inclui, agrega e desenvolve”.

No Brasil, são mais de 6,6 mil cooperativas filiadas ao Sistema OCB – Organização das Cooperativas Brasileiras. O setor já conta com 13,2 milhões de associados e gera cerca de 376 mil empregos formais. No Paraná, as cooperativas congregam 1,4 milhão de cooperados, geram 84 mil empregos diretos e tiveram um faturamento de aproximadamente R$ 70 bilhões em 2016. Atualmente, cerca de 3,5 milhões de paranaenses dependem direta ou indiretamente do cooperativismo.

Rogério Machado, diretor executivo da Sicredi União PR/SP, afirma que os números do cooperativismo evidenciam o alcance das cooperativas na transformação da realidade econômica e social do país. “Ações como a do Dia C e outros tantos projetos deixam o mundo um pouco melhor, porque é uma oportunidade de transformar as pessoas e impactar de forma positiva em suas vidas”.

Em Cianorte, as atividades que celebrarão o Dia C estão agendadas para o dia 15 de julho, das 8h30 às 13h, na Praça da Bíblia. Entre as ações, a Cooperativa Sicredi União PR/SP – em parceira com a Cocamar, Hemepar, Prefeitura de Cianorte, Rotary Club e Governo do Paraná – oferecerá a comunidade doação de mudas, acuidade visual, doação de sangue, ginástica, aferição de pressão e teste de glicose.