Cooperativa recebe representantes da SicrediPar e Central PR/SP/RJ

Projeções orçamentárias e de atuação foram apresentadas na reunião

O encontro aconteceu no último dia 10 (quinta-feira), em Maringá, e contou com a participação de representantes do Sistema Sicredi, Central PR/SP/RJ e cooperativa Sicredi União PR/SP. Entre os assuntos expostos, estão as particularidades da Sicredi União, as mudanças no estatuto social, bem como os resultados obtidos e almejados para os próximos anos dentre todas as cooperativas da Central PR/SP/RJ.

Para Wellington Ferreira, presidente da Sicredi União, conhecer as projeções e fomentar o diálogo é fundamental para edificar a atuação de qualquer instituição financeira cooperativa. “Como esperamos contribuir para a qualidade de vida dos associados, em primeiro lugar promovemos o relacionamento, as estratégias e o conhecimento sobre a realidade de cada região. Portanto, em segundo lugar, a solução financeira”, ressalta Ferreira.

De acordo com o presidente da SicrediPar e da Central PR/SP/RJ, Manfred Alfonso Dasenbrock, o relacionamento é primordial para alicerçar a presença nacional e a atuação regional que sistema e centrais pretendem gerir nos próximos anos. “Conseguimos a filiação da Unicred Central Norte/Nordeste. Assim, o Sicredi ampliará a atuação dos atuais 11 para 20 estados brasileiros, consolidando a presença nacional. A atuação regional ficará embasada nas particularidades de cada região, onde cada cooperativa conhece seus associados e podem, acima de qualquer autoridade, perceber quais soluções são as mais rentáveis”, finaliza Dasenbrock.

O encontro contou com a participação de representantes do Sistema Sicredi, Central PR/SP/RJ e cooperativa Sicredi União PR/SP

O encontro contou com a participação de representantes do Sistema Sicredi, Central PR/SP/RJ e cooperativa Sicredi União PR/SP

Mudanças

Em 2016 cada central terá uma área de responsabilidade. Neste modelo, a Central PR/SP/RJ será atuante pelo Paraná, São Paulo e Rio de Janeiro e alguns municípios de Santa Catarina. A Central Sul pelo Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Minas Gerais e Espírito Santo. A Brasil Central por Goiás, Tocantins, Distrito Federal e Matogrosso do Sul. E, por fim, Centro Norte com os estados de Matogrosso, Pará, Rondônia, Amazonas e Acre. “Cada região será incumbida pelo seu perímetro. O papel da central será coordenar as ações, fazer a ponte entre as cooperativas e o Centro Administrativo do Sicredi (CAS). Essa mudança precisa ocorrer porque cada região tem a sua história e isso precisa ser respeitado”, explica Maroan Tohmé, diretor executivo da Central Sicredi PR/SP/RJ.

Segundo Rogerio Machado, diretor executivo da Sicredi União PR/SP, as mudanças norteiam, também, a necessidade de formação e a preparação dos colaboradores. “Queremos uma atuação única, um planejamento estratégico singular. É esse caminho que vai direcionar o associado a usufruir dos produtos e serviços das agências com maior segurança”, afirma Machado.

Destaque

De acordo com Maroan Tohmé, diretor executivo da Central Sicredi PR/SP/RJ, as perspectivas do novo planejamento estratégico da Sicredi União possuem números expressivos, fazendo com que a cooperativa se destaque nacionalmente. “A instituição é de grande porte, de envergadura, tanto nos municípios onde atua, quanto na expansão. A Sicredi União PR/SP é uma das maiores cooperativa de crédito em investimento no Brasil. Os desafios e metas são ambiciosos, mas tudo com muito gerenciamento de risco nas operações, ou seja, com muito pé no chão”, conclui Tohmé.