Cooperativa reúne mais de 7.000 pessoas em reuniões deliberativas

Os encontros acontecem até o início de março. Para cada agência é realizada uma assembleia, reunindo associados para apresentação dos números do exercício 2015

 

 A cooperativa de crédito Sicredi União PR/SP realiza, nesta semana, uma nova rodada de reuniões de prestação na região noroeste do Paraná.

Agenda – Nesta segunda (01/02), será realizada uma assembleia em Maringá, das agências Maringá Velho e Maringá Empresas, na associação da Cocamar às 19h. A segunda reunião da semana ocorre em São João do Caiuá (PR), quarta-feira (03/02) às 19h, no clube da cidade. A cidade de Ivatuba (PR) receberá a cooperativa no dia 04/02 (quinta-feira), às 11h, no Country Club. No mesmo dia, às 19h, a reunião acontece em Maringá, também na associação da Cocamar, para os associados da agência Maringá Tuiuti.

 Maringá – Na última semana, mais de 300 associados participaram da reunião deliberativa da agência Maringá Centro. No evento, o associado Denilton de Oliveira, empresário do setor de telefonia, destacou a proximidade e a liberdade que a cooperativa oferece nas reuniões. “O presidente explica, pergunta e temos a oportunidade de participar. Isso faz com que eu valide minha participação ativa como cooperado”, afirma.

Retorno – Para o comerciante, Ademar Schiavone Júnior, associado há 10 anos, participar das assembleias é uma forma de retribuir os benefícios que a Sicredi União oferece no dia a dia. “Se você quer um consórcio ou uma linha de crédito, a cooperativa pode proporcionar. Mas você também pode proporcionar retorno para a cooperativa participando das reuniões. Ser cooperado é respeitar que todos ganham juntos”, afirma.

O gerente da agência Maringá Centro, Elder de Oliveira, destacou a importância de promover a participação efetiva dos associados. “Muitos agradecem pelo convite, por sermos abertos em apresentar todos os resultados e como eles se sentem valorizados na instituição. A deliberação é para apresentar resultados, mas, também, para ouvir a opinião de cada associado”, comenta Oliveira.