Moradores de Graciosa (PR) são certificados em projeto de inclusão digital

Ação da Sicredi União PR/SP e Fatecie gera repercussão na cidade e conta com fila de espera

 

Das primeiras linhas escritas no Word ao acesso a Internet, o programa de inclusão digital de Graciosa (PR), distrito de Paranavaí, noroeste do Paraná, vem recebendo ainda mais a atenção da comunidade. Implantado há três anos, foi criado com a iniciativa da Sicredi União PR/SP juntamente com a Faculdade de Tecnologia e Ciências do Norte do Paraná (Fatecie), de Paranavaí.

Desenvolvido em uma pequena sala, ao lado da Paróquia Nossa Senhora das Graças, a ação transformou a realidade de crianças, jovens e adultos, ao oferecer aulas de informática básica de graça. Devido ao sucesso em Graciosa, o projeto será desenvolvido, em 2016, nas cidades de Nova Esperança, São Lourenço (Distrito de Cianorte), Alto Paraná, Floraí e Terra Boa.

De acordo com a assessora de Programas Sociais da cooperativa Sicredi, Sandra Michels, este reconhecimento advém do viés de sustentabilidade que a cooperativa defende em todos os projetos. “Se a comunidade acredita em nosso trabalho, nada mais importante do que acreditar no desenvolvimento das comunidades também. É uma via de mão dupla”, ressalta Sandra.

Recompensa

Alegres, os alunos chegaram com o sorriso no rosto e de braços abertos para receber a certificação. Muitos, não escondiam a felicidade e frisaram que o projeto foi essencial para o aprimoramento pessoal. Assim como Rita de Cássia Schulter da Silva, 47 anos, que admitiu estar vivendo uma nova fase, um momento de novas experiências. “Eu não sabia nada, mas agora sei até montar slide no Power Point. O professor ajudou muito e acabou criando um perfil no Facebook para todos. Além de sermos amigos aqui, passamos a ser amigos virtuais”, comenta Rita.

Apenas com 11 anos de idade, Joana Schuelter de Souza se mostrou satisfeita com o curso e assumiu que se sente preparada para usar as ferramentas como auxílio aos estudos. “Quando começamos o curso, eu já percebi que seria bom para o meu futuro. Sei que preciso estudar e quero usar o que aprendi para ser melhor ainda na escola”, descreve a aluna.

Incentivada pela filha de oito anos, Flávia Cristina Vieira Rohling, mãe de Lívia Vieira Rohling, descreve que no início, ambas começaram tímidas, mas, com o tempo, foram tomando gosto pelas aulas. “Vejo muitas pessoas comentando do curso e querendo participar, me sinto privilegiada. Como moramos longe de Paranavaí, fica difícil ter acesso a um curso com essa qualidade”, alegra-se Flávia.

Alunos recebem certificados pela participação no projeto de inclusão digital

Alunos receberam certificados pela participação no projeto de inclusão digital

Participação

A gerente da agência Sicredi local, Andréia Rodrigues Mendonça Viana, prestigiou a entrega dos certificados e recorda com alegria o quanto o projeto foi aceito na cidade. “Nesses três anos de projeto a repercussão sempre foi muito positiva, temos lista de espera para participar. É gratificante reconhecer que deu certo, que está fazendo a diferença na comunidade”, afirma Andréia.

Colaboração

Certos de uma parceria longínqua, a Sicredi União PR/SP se uniu a Fatecie para alicerçar este projeto que hoje se torna modelo de inclusão e oportunidade. Para o diretor financeiro da Fatecie, Eduardo Luiz Campano Santini, a maior satisfação é oferecer profissionais capacitados e com disposição para proporcionar muito mais que ensino: a proposta é incentivar cada vez mais pessoas a estudar. “A cidade de Graciosa é pequena em tamanho, mas grande em aproveitar novas oportunidades, assim como o projeto de inclusão foi recebido. Como nossos alunos são os instrutores do curso, eles colocam em pratica o que aprendem na faculdade, sempre de forma esclarecedora e encorajadora”, finaliza Santini.