Na Sicredi União, poupança registrou crescimento acima de 13% no semestre

Na  contramão do mercado, a carteira de Poupança do Sistema Sicredi registrou, de  junho de 2015 a junho de 2016, crescimento de 25,5%, com incremento de cerca de R$ 1,2 bilhão. No mesmo período, de acordo com dados do Banco Central,  o mercado registrou retração de 1,3%, com captação líquida negativa na ordem de R$ 57,6 bilhões.

No acumulado do primeiro semestre de 2016, os números do Sicredi também são positivos. No período, a carteira de poupança do Sicredi apresentou crescimento de 13,5%, com incremento de aproximadamente R$ 700 milhões, enquanto o mercado sofreu retração de 2,8%, com captação líquida negativa na ordem de R$ 42 bilhões, o pior resultado em mais de 20 anos.

A cooperativa Sicredi União PR/SP, que integra o sistema Sicredi, e que tem atuação no Norte e Noroeste do Paraná e Centro-Leste Paulista, também ostenta números positivos em relação à poupança no primeiro semestre. De acordo com os números apresentados em reunião de coordenadores de núcleo para apresentação dos resultados do primeiro semestre, realizada em Londrina, no início de agosto, a poupança registrou um crescimento de 13,6%, entre janeiro e julho.

Quando pode ser um bom investimento?

Que a poupança é um investimento de baixo risco e um dos que tem menor rentabilidade, não é segredo para ninguém. Mas dependendo  de quanto o poupador tem para investir e qual a finalidade daquele investimento, se for feita a conta direitinho, esta antiga forma de poupar ainda é muito vantajosa.

O presidente da cooperativa de Crédito Sicredi União PR/SP, Welington Ferreira,  destaca que sobre o rendimento da poupança não há incidência de Imposto de Renda, o dinheiro está disponível no momento que o poupador quiser, pode-se aplicar pequenas quantias e também é um excelente caminho para se criar o hábito de poupar.

“Se você tem poucos recursos para poupar tem que avaliar se o rendimento daquela aplicação irá compensar após o pagamento de impostos e taxas”, alerta Ferreira.

A caderneta de poupança segue como o investimento mais popular entre os investidores brasileiros.

Campanha

Diante do cenário de incertezas, um dos focos do Sistema Sicredi foi a captação de poupança, tendo como objetivo sensibilizar o associado para a importância de poupar também em momentos de instabilidade econômica.

Tendo como premissa que “para crescer é preciso poupar”, atitude tida como um hábito no cooperativismo, foi lançado, em maio deste ano, a campanha “Quando vê poupou, quando vê ganhou”, com duração de cinco meses, e abrange todas as  cooperativas Sicredi do Paraná, São Paulo e Rio de Janeiro. Os participantes – associados e não associados – têm a chance de concorrer a meio milhão de reais e 80 chances de ganhar R$ 2.000.

Na campanha, a cada R$ 100 aplicados, o poupador recebe um número da sorte para concorrer a 20 sorteios mensais de R$ 2.000, que acontecem de junho a setembro. Se a aplicação for programada as chances dobram. Em outubro será sorteado um prêmio de R$ 500 mil para todos os participantes.

De acordo com Eleni Sanches Tessaro, assessora de negócios e captação da Sicredi União, a campanha conseguiu dar um grande impulso à carteira de poupança da entidade. “Sempre foi um investimento bem procurado, mas foi muito significativo o aumento após o início da campanha “Quando vê poupou, quando vê ganhou.”