Sicredi reúne mil educadores em Maringá

Um dia dedicado à discussão sobre a Educação e à comemoração dos dez anos do Programa ‘A União Faz a Vida’ da Sicredi União PR/SP. Assim foi o 2º Encontro de Educação promovida pela instituição financeira cooperativa, realizado na última sexta-feira (27), em Maringá. O evento reuniu mil educadores da região noroeste do Paraná.

A programação incluiu três palestras. A primeira foi conduzida pelo professor e pesquisador das fundações Dom Cabral e Getúlio Vargas, Zeca de Mello, que abordou o tema ‘Reaprender a aprender: desafio para pessoas e organizações’. Na ocasião, ele afirmou que a escola não prepara o aluno para trabalhar em equipe e ser colaborativo, e a falha se reflete no mundo corporativo.

Em seguida, o professor de Português José Pacheco palestrou sobre ‘Comunidades de Aprendizagem’, destacando que o “papel da escola e do professor é ajudar o aluno a ser quem ele quer”. Crítico do sistema tradicional de ensino por considerar obsoleta a forma de reprodução de conteúdo, ele afirma que é preciso abrir espaço para a humanização.

Por fim, a professora doutora Emília Cipriano abordou o tema ‘Reconstrução do conhecimento do professor como agente transformador do ato de educar’. Com atuação em educação infantil e formação de educadores, ela encantou a plateia ao compartilhar experiências de sala de aula. “O aluno constrói seu aprendizado a partir do que faz sentido para ele, e o professor é um produtor de sentidos”.

O encontro também foi realizado em Limeira/SP e em Londrina/PR, reunindo mais mil educadores. É que a Sicredi União desenvolve o Programa A União Faz a Vida também em cidades do centro-leste paulista e do norte do Paraná, onde também tem agências. Segundo o diretor-executivo da Sicredi União, Rogério Machado, “o programa cresceu tanto que não comporta mais reunir todos os envolvidos num só local”.

Durante o evento, o presidente da Sicredi União, Wellington Ferreira, comentou que no início, quando o programa começou a ser implantado na área de abrangência da instituição financeira cooperativa, sabiam que os resultados apareceriam em longo prazo. “De acordo com o depoimento de professores e alunos observamos que temos conseguido promover transformação por meio da proposta metodológica, além de muito trabalho, esforço e cooperação dos envolvidos. Todos estão de parabéns”, afirma.

PUFV

Criado há mais de 20 anos pelo Sistema Sicredi, o PUFV é realizado em âmbito nacional e propõe metodologia de ensino que estimula os alunos a serem protagonistas no processo de aprendizagem. Com o programa, a instituição financeira cooperativa busca contribuir com a sociedade por meio da melhoria da qualidade de ensino, já que considera a educação como um importante agente transformador do ser humano. Para se ter ideia, somente na área de abrangência da Sicredi União são 180 escolas, 3.200 professores e mais de 28 mil alunos atendidos.

Por Textual Comunicação