Sicredi União anuncia que vai atuar também no interior de São Paulo

Cooperativa sediada em Maringá – a maior do Sistema Sicredi no Brasil – promoveu uma Assembleia Geral Extraordinária na noite de quinta-feira (dia 1º) para anunciar a união com a Sicredi Integradas Centro Leste Paulista, de Limeira, passando a atuar em 33 municípios daquele Estado

A instituição convocou uma Assembleia Geral Extraordinária para anunciar oficialmente a união com a Cooperativa Sicredi Integradas Centro Leste Paulista, sediada em Limeira (SP). O evento, com a participação de dirigentes, conselheiros, delegados de núcleos e convidados especiais aconteceu no Excellence em Maringá.

Operando com 62 unidades de atendimento nas regiões noroeste e norte do Paraná, onde atende a 75  mil associados, a Sicredi União PR expande agora a sua atuação para o Estado de São Paulo. A área que ocorreu a união compreende 33 municípios situados no Centro Leste Paulista, um dos polos econômicos e populacionais mais importantes do País.

O presidente da cooperativa, Wellington Ferreira, explica que os entendimentos entre as duas instituições tiveram início em janeiro deste ano e foram acompanhados pelo Banco Central que, recentemente, autorizou a união. “É um momento histórico e da maior relevância para o nosso futuro”, afirma, informando que a Sicredi União PR ficará inserida em uma das regiões de economia mais dinâmica do Estado.

MUNICÍPIOS – Além de Limeira, fazem parte da região as cidades de Aguaí, Águas da Prata, Americana, Araras, Caconde, Casa Branca, Charqueada, Conchal, Cordeirópolis, Divinolândia, Engenheiro Coelho, Espírito Santo do Pinhal, Estiva Gerbi, Ipeuna, Itapira, Iracemápolis, Itobi, Leme, Mococa, Mogi-Guaçu, Mogi-Mirim, Piracicaba, Rio Claro, Santa Cruz das Palmeiras, Santa Gertrudes, Santo Antônio do Jardim, São Sebastião da Grama, São João da Boa Vista, São José do Rio Pardo, Tambaú, Tapiratiba e Vargem Grande do Sul.

Segundo Ferreira, a exemplo do que ocorre em todo o Brasil, há um grande potencial a ser desenvolvido pelo cooperativismo de crédito no interior de São Paulo, onde o sistema está praticamente em seu início. Ainda este ano, acrescenta, devem ser abertas novas unidades de atendimento. “Em cinco anos, pretendemos estar atuando em toda a nova região.”

CRESCER – Ferreira disse também que o ingresso da cooperativa no Estado de São Paulo “é fundamental para impulsionar o crescimento”. Conforme o presidente, o ritmo de expansão da Sicredi União PR tem sido, em média, de 20% ao ano desde o final da década de 90. Para os próximos anos, cita, a meta é chegar a 100 mil associados e a R$ 1,5 bilhão em ativos.

Na visão do presidente da Sicredi Integradas Centro Leste Paulista, Clair Turazzi Filho, “a união representa um importante ganho de escala para garantir a competitividade, o crescimento da base de associados e a redução dos custos operacionais para o desenvolvimento dos negócios”. Na última sexta-feira (26), foi realizada uma assembleia geral extraordinária entre os associados da cooperativa, em Limeira, para finalizar detalhes referentes a essa junção.

É a terceira vez que a cooperativa de crédito sediada em Maringá, onde foi fundada em 1985, se une a uma instituição do segmento. Em 2009, a então Sicredi Maringá fundiu-se a outras duas (Sicredi Vale do Bandeirante, de Astorga, e a Sicredi Norte do Paraná, de Cornélio Procópio), para dar origem à atual Sicredi União PR. No início deste ano, incorporou a Credicatu, de Porecatu (PR).